Compartilhe Facebook Facebook Twitter Email ou Cadastre-se para receber SNA News por email.

SNA

SNA News
EDIÇÃO 025. 31/10/2013

Visite a SNA nas redes sociais: Facebook Twitter

Diretor da SNA, Paulo Protásio: ‘Projeto Centro-Oeste Competitivo’ pode ser apenas mais um
A região Centro-Oeste responde por quase 50% da produção de grãos do país e, por este motivo, tem sido foco de estudos que preveem a necessidade de melhorar, urgente e principalmente, a logística para escoamento da safra nos próximos anos. O “Projeto Centro-Oeste Competitivo”, divulgado recentemente pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), aponta que serão necessários R$ 36,4 bilhões em investimentos até 2020, quantia prevista para executar 106 projetos importantes que visam ampliar e modernizar a infraestrutura de transportes do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Estado de emergência deve facilitar controle da Helicoverpa na Bahia

Congresso de Agribusiness: ‘Agro vive apagão logístico’, afirma diretor da Andef, Eduardo Daher

Safra recorde e problemas com pragas podem aumentar importação de defensivos agrícolas no país

Avaré (SP) sedia 1ª Exposição Internacional do Agronegócio do Leite

Mais notícias

‘Pró-Trator’: Produtores de São Paulo têm acesso a financiamento de máquinas sem juros

Ex-ministro Roberto Rodrigues receberá prêmio VisãoAgro 2013

 

Lançado edital para reforma e construção de novos armazéns

Veja outras notícias:
Radar Agronegócio da SNA


 

EDUCAÇÃO

Administração Rural II
O empresário rural tem a oportunidade de aprender a fazer análises econômicas, por meio do curso, com a finalidade de estudar estratégias para controle de sua propriedade. Ele terá acesso a temas, tais como: a empresa rural, áreas de produção, administração e fatores de produção agrícola, entre outros.

Arborização Urbana
Cada vez mais as cidades investem no cultivo de árvores, até por questões de sustentabilidade ambiental. O curso é destinado a pessoas ou empresas que desejam aprender ou aperfeiçoar os conhecimentos necessários ao planejamento, implantação e manutenção de áreas arborizadas no meio urbano.

Boas práticas na manipulação de produtos orgânicos de origem vegetal
A necessidade de levar uma vida mais saudável tem feito com que muitos consumidores optem por produtos orgânicos. O setor está cada vez mais crescente e aprender novas técnicas é importante para quem deseja entrar neste mercado. O curso fornece subsídios básicos para uma boa manipulação pós-colheita de vegetais.

Conheça os programas de curta duração, que a SNA oferece através da Escola Wencesláo Bello, na Penha e veja como se inscrever: http://sna.agr.br/extensao/

agenda

06 a 08/11
5º Congresso Capixaba de Pecuária Bovina
O evento será realizado no Cine Teatro da Universidade Vila Velha (UVV), na capital do Espírito Santo. O encontro abordará assuntos que vão desde o contexto do agronegócio na sociedade brasileira até os efeitos dos produtos de origem animal na alimentação humana, passando pelas principais tecnologias de produção que geram uma verdadeira reforma agrária no campo, reforma essa que começa com o fortalecimento e a valorização do homem do campo.

10 a 15/11
64º Congresso Nacional de Botânica
A Sociedade Botânica do Brasil e a comissão organizadora do 64º CNB vão promover amplas discussões sobre a botânica em relação às mudanças globais, na capital mineira de Belo Horizonte. O evento pretende promover a interação e a integração entre estudantes, especialistas, mestres e doutores dos diversos segmentos da botânica.

10 a 13/11
8º Congresso Brasileiro de Turismo Rural
Realizado em conjunto com o 1º Colóquio Internacional de Pesquisa e Práticas em Turismo no Espaço Rural, o evento acontecerá na Universidade Estadual Paulista (Unesp) - Campus de Rosana, no município de mesmo nome, em São Paulo. O tema central “Turismo, Políticas e Dinâmicas no Espaço Rural” norteará as temáticas debatidas nas mesas redondas, nos grupos de trabalhos e de discussões.

ANIMAL BUSINESS BRASIL

Destaques DESTA EDIÇÃO

Produtividade com sustentabilidade
Nas últimas décadas no Brasil, os incrementos significativos na produção de carne não corresponderam exatamente a um alargamento expressivo da área dedicada à pecuária. Eles são resultados diretos da aplicação das mais modernas técnicas desenvolvidas para o setor. Assim como a carne, as culturas exportadas (soja, cana-de-açúcar, milho, entre outras) também precisam ampliar suas áreas de produção nos próximos anos, se quiserem diminuir a pressão no que diz respeito às demandas nacional e internacional.

Brasil tem ótimas condições de produzir com sustentabilidade
Moderno, eficiente e competitivo, o agronegócio do Brasil está destinado a crescer. E o mundo precisará cada vez mais de alimentos, agroenergia, madeira e de outros tantos produtos que saem do solo brasileiro. Compete ao país alimentar seus próprios habitantes e aqueles de outras nações cujos consumidores estão cada vez mais exigentes. E as exigências não estão somente relacionadas à qualidade, mas à forma sustentável como estes alimentos são produzidos.

Confinamento aumenta desfrute
A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO/ONU) aponta que o Brasil terá de aumentar a produção de carne bovina em 49% e a exportação em 81% para atender ao crescimento da demanda mundial até 2030. A solução seria aumentar a produção do produto por hectare, abatendo o maior número de animais mais precocemente. Para tanto, na fase de cria, o criador deve investir em genética e na melhoria dos resultados da estação de monta.


Sociedade Nacional de Agricultura
Av. General Justo 171, 7° andar, Centro. 20021-130. Rio de Janeiro, RJ. Brasil
+55 (21) 3231-6350

Parceiros: