Compartilhe SNA News Facebook Twitter Email ou Cadastre-se para receber SNA News por email.

SNA

SNA News
EDIÇÃO 171. 08/09/2016

Visite a SNA nas redes sociais: Facebook Twitter

Sebastião Guedes deve assumir a presidência da Abramvet

O presidente do Grupo Interamericano para o Controle da Febre Aftosa (Giefa) e vice-presidente do Conselho Nacional de Pecuária de Corte (CNPC), Sebastião Costa Guedes, deve substituir o professor Milton Thiago de Mello na presidência da Academia Brasileira de Medicina Veterinária (Abramvet).

Facebook Twitter

Acordos bilaterais são a melhor solução para reduzir barreiras, diz Hélio Sirimarco

Facebook Twitter

Nanotecnologia leva modernidade à agropecuária

Facebook Twitter

Programas de melhoramento genético podem garantir leite mais saudável

Facebook Twitter

Certificação de soja é foco de projeto para pequenos produtores em MT

Facebook Twitter

Ações preventivas podem melhorar saúde de homens e mulheres no campo

Facebook Twitter

MAIS NOTÍCIAS

Os gargalos, as travas e as soluções para o agronegócio brasileiro

Brasil e China assinam acordo de investimento em agricultura

Qualidade sanitária brasileira está mais visível aos chineses, diz presidente da ABPA

 

Clima gera queda na safra de grãos em Goiás e no Brasil

Blairo Maggi negocia venda de carne suína para a Coreia do Sul

Proposta muda regra de pagamento de subsídio ao agricultor pelo seguro rural

Veja outras notícias:
Radar Agronegócio da SNA

 



Espaço para discussão de questões estratégicas e operacionais do agronegócio brasileiro. Veja as últimas discussões publicadas no AgriForum e participe do debate.

Acesse o site AgriForum

 

Fique por dentro das regiões brasileiras que que estão se registrando como origem de produtos de alta qualidade através dos selos de Denominação de Origem e Indicação de Procedência.

Acesse o site Indicação Geográfica

EDUCAÇÃO

Ovinocultura de corte
O consumo individual de carne de ovino gira entre 0,7 e 1,5 quilo por habitante por ano, no Brasil. O mercado está em ascensão, até porque atualmente tudo o que se produz tem escoamento praticamente garantido no País. De olho neste setor, o curso oferecido pela SNA visa capacitar interessados no desenvolvimento de uma criação produtiva de ovinos de corte.

Paisagismo I e II
Paisagistas são profissionais em alta no mercado imobiliário: um projeto na área pode agregar um aumento de 20% a 30% ao valor do imóvel. Para quem deseja aproveitar as crescentes oportunidades de trabalho, o curso oferece informações básicas (no primeiro módulo) sobre a arte do paisagismo para iniciantes e até mesmo profissionais; e sobre as diversas escalas deste trabalho (micro, macro, urbana ou rural), que vão desde a confecção de um projeto à manutenção paisagística (segundo módulo).

Paisagismo prático
Ideal para quem fez os dois primeiros módulos do curso de Paisagismo, esta etapa consolida os conceitos aprendidos, anteriormente, por meio de estudo de cases e execução orientada de pequenos projetos aplicados à atividade.

Conheça os programas de curta duração, que a SNA oferece por meio da Escola Wencesláo Bello, na Penha e veja como se inscrever: http://sna.agr.br/extensao/

AGENDA

18 a 20/09/2016
Wintershow 2016 - Excelência em Cereais de Inverno
Realizado pela Cooperativa Agrária, em Guarapuava (PR), o encontro tem como proposta abordar a tecnologia de toda a cadeia produtiva dos cereais de inverno, da pesquisa à agroindustrialização. Novidades em trigo, cevada, aveia e canola, palestra de especialistas e exposição de máquinas agrícolas compõem uma programação voltada a destacar a inovação e as tendências deste setor.

12 a 14/09/2016
BioenergiaMT
O encontro contará com dois eventos simultâneos, em Cuiabá (MT): o 1º Congresso de Bioenergia de Mato Grosso e o 3º Congresso do Setor Sucroenergético do Brasil Central. O objetivo é proporcionar uma visão ampla das possibilidades de utilização de seus insumos para transformação em energia, aos produtores rurais da região.

21 e 22/09/2016
Workshop sobre nichos de mercado para o setor agroindustrial
Com o tema “Espécies nativas do Brasil: conhecimentos, tecnologias e negócios”, o evento promovido pela Embrapa, que será realizado no auditório da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, em Campinas (SP), tem como objetivo articular e promover a interação entre instituições e empresas relacionadas com o setor agroindustrial de espécies nativas brasileiras para identificação, aproveitamento e/ou aprimoramento das oportunidades de negócios, superação de desafios e gargalos, envolvendo conhecimento e tecnologia.

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

DESTAQUES ANIMAL BUSINESS BRASIL 4


Animais da fauna brasileira (p. 24)
Aves da ordem Psittaciformes ocorrem no mundo todo, distribuindo-se em diversos biomas. No Brasil, segundo o comitê brasileiro de registros ornitológicos, há mais de 80 espécies que se distribuem em todo o território. Por causa da beleza de certos animais, muitos deles são amplamente comercializados de maneira ilegal (tráfico).

Brasil tem ótimas condições de produzir com sustentabilidade (p. 34)
Moderno, eficiente e competitivo, o agronegócio brasileiro está destinado ao sucesso. A cada ano, cresce a demanda mundial por alimentos, agroenergia, madeira e de outros tantos produtos que saem do nosso solo. E caberá ao Brasil alimentar, além de seus moradores, pessoas que vivem em outros países, principalmente em lugares onde a exigência do consumidor aumentou.

Fidelidade é indispensável para manter negócios de longo prazo (p. 35)
A China é um país parceiro do Brasil, de grande consumo e com um mercado enorme. “Além de garantir a qualidade e segurança alimentar, exportadores brasileiros devem ter uma visão de longo prazo. Influenciados pela tradição cultural, os empresários chineses atribuem muita importância à cooperação de benefício mútuo, já que, no nosso entender, ela é uma cooperação sustentável”, diz Wang Xian, então vice-cônsul-geral da República Popular da China no Rio de Janeiro (hoje, em Recife-PE), em entrevista à Animal Business.

Sociedade Nacional de Agricultura
Av. General Justo 171, 7° andar, Centro. 20021-130. Rio de Janeiro, RJ. Brasil
+55 (21) 3231-6350

Parceiros: