Compartilhe nas redes sociais!

No início da semana, a Yara realizou o primeiro envio de fertilizantes a granel via cabotagem do País, segundo informações da GlobalFert. A empresa é líder mundial em nutrição de plantas.

A companhia transportará, a partir do seu píer próprio em Rio Grande (RS), 15.000 toneladas da linha de fertilizantes especiais YaraBasa, composta por NP e NPK, para sua Unidade Misturadora de São Luís (MA).

“Este envio de fertilizantes via cabotagem ao Maranhão traz diversos benefícios, como o acesso aos agricultores das regiões Norte e Nordeste às linhas de fertilizantes da Yara, especialmente em um momento crítico de rupturas nas cadeias de fornecimento em razão da guerra”, disse Maicon Cossa, vice-presidente comercial da Yara Brasil.

A região do Matopiba plantou cerca de 8.2 milhões de hectares na safra 2020/21, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com previsão de aumento de área nesta safra que está se encerrando.

Abastecimento

“O mercado da fronteira norte é o que mais cresce em termos de área plantada no País, e agora teremos mais uma opção de abastecimento para a região, com um produto nacional”, afirmou Maicon.

“Hoje o local trabalha majoritariamente com matéria-prima importada. Esta movimentação levará mais uma opção de abastecimento de fertilizantes, ajudando na segurança da cadeia e permitindo a aceleração e desenvolvimento da agricultura local”.

Segundo o executivo, o transporte do fertilizante via cabotagem, além de ser uma operação mais vantajosa operacionalmente, rápida e segura, também é mais sustentável.

“Uma carga de 15.000 toneladas, por exemplo, partindo de Rio Grande para São Luís, precisaria de 405 caminhões para realizar o trajeto de mais de 3.000 quilômetros via rodovias, o que passa a ser feito em aproximadamente sete dias por mar, com apenas um navio”, disse Maicon.

Fonte: Agrolink
Compartilhe nas redes sociais!